quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Lugar de lavar roupa suja é...


...no celular?
Ando muito pelo meu bairro e todos os dias acompanho os passos apressados de alguém, testa retesada, olhos raivosos, braços e mãos gesticulando muito com o tal aparelho acoplado em um dos ouvidos. Passa por mim com pressa, voz alterada; muito estresse. Participo, mesmo sem querer, de parte de problemas de quem nem conheço, como se já não bastassem os meus. E o pior é que não fico nem sabendo o início, nem o desfecho.
__ Da próxima vez vou desligar meu celular e você nunca mais vai conseguir me achar!
Diz uma.
__ Para que eu assine um contrato eu tenho que ler muito antes, saber os meus direitos e deveres!! Não pode ser assim!!
Diz outra.
__ Eu falei para ela que não ia aceitar aquele procedimento e sabe o que ela teve coragem de me dizer?!
Se admira gritando mais outra.

O celular levou a sala, o escritório, o quarto e até a cama para o meio das ruas. Isso é que é show de realidade sem precisar de câmera pay per view 24 horas no ar.

2 comentários:

Carolina Pagioli Lessa disse...

ai é verdade né, acho que a privacidade se perdeu completamente, pior são as pessoas que ainda colocam os celulares no viva voz, ou tem aqueles nextel que fazem como rádio ao invés de colocarem como telefone, que tem como tb, só para as outras pessoas escutarem oq estão conversando, acho que virou uma medição de poder isso, vc não acha??? Ainda bem que falo pouquissimo no celular.

Beijos

Fernanda disse...

Para mim, o pior de tudo é o tom de voz que as pessoas usam no celular... Gritar é a regra geral. Eu devo gritar tb, e nem percebo... rsrsrs