sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Vinhos Gregos - Gaia

Pela primeira vez o mais conceituado produtor de vinhos da Grécia esteve no Brasil, e pasmem, parou em BH. Yiannis Paraskevopoulos é um cara simpático, educado, muito culto, poliglota e deve ser muito feliz (tava bronzeado e descansado mesmo depois da viagem longa). Além de ter vinhedos em paraísos como Neméa, Peloponeso e Santorini, é o maior especialista na nobre uva tinta Agiorgítiko. Durante a noite ele nos ensinou muitas coisas, além da difícil missão de pronunciar corretamente os nomes pouco comuns das uvas gregas.
Ele conversou quase o tempo todo num inglês impecável e francês invejável, já que morou por 5 anos em Bordeaux, onde fez especialização.
Eu não tenho foto dele, pois minha câmera me deixou na mão, mas ele nos presenteou com imagens incríveis como o vinhedo da sua propriedade.





A piscina, ele explica, é para atrair a filha de 19 anos e seus amigos, para que fiquem sempre por perto. Cara de visão esse...



Nótios Red - Recomendo provar este vinho para começar a descobrir o universo diferente e marcante - muito diverso - das uvas gregas. Eles são vinhos superminerais, com acidez mais alta, perfeitos com comida. Uma enorme surpresa foi o Thalassitis Oak Fermented 2008, vinho branco, ótimo para harmonizar com carne vermelha. É isso mesmo! Sabor incomparável; e como é muito ácido e estruturado, este campeão da mineralidade pede proteína. A uva é Assyrtico.


Esse é o solo da região. Daí dá pra entender a mineralidade e o sabor sem comparações dos vinhos gregos!



Essa foto é muito surreal. As vinhas formam uma cesta, os caules se enroscam e isso protege as uvas com sombra providencial. Não é incrível?

Fui à palestra/degustação a convite da Mistral, representando a Revista Encontro.

Um comentário:

Anônimo disse...

Já gostei dos rótulos...
Vamos experimentar?...Beijo do pai...