quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

O verdadeiro crime



O ex-secretário de educação de Brasília, José Luiz Vieira Valente, não vai poder negar este crime: se casar com uma criatura destrambelhada, que acha que está ahazando, toda trabalhada na pintura corporal, glitter e strass. O vestido foi substituído por isso e uma canga branca amarrada na cintura. Um looshoo. A cafonisse seguiu festa afora, já que foi divulgado que as alianças do lindo casal chegaram na cerimônia de helicóptero.
Para quem não sabe, o noivo, acaba de negar ter recebido R$ 60 mil por meio da empresa "Infoeducacional" e fazer parte do esquema de propina liderado pelo governador Arruda.
Que pena que eu já me casei, senão ia querer fazer i-gual-zinho.

4 comentários:

Fernando Grilo disse...

Hahaha...como diria o Davi: "Você vive fazendo gracinha". Queria ver vc saindo da igreja comigo 'vestida' assim.

Fernanda disse...

Outro dia eu fui num casamento , aqui mesmo em Bsb, em que a noiva chegou de barco, segurando na vela... Parecia Yemanjá... E pra descer no cais com aquela roupa toda? Foi um estrupício! rsrsrs

Fernanda disse...

Acabei de ver Avatar... lembrei muito de vc e do seu post. :)

Ana F disse...

Mamãemeacode!!! Isso deveria ser punido com cadeia. Já que o marido não vai preso, ela deveria ir. Crime inafiançável.