sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Orgia da carne

Já tá pensando bobeira lendo esse título, né?
O negócio é que, depois de me matar na academia de manhã, fui fazer um programa nem sempre apreciado por meninas: fui a um rodízio de carnes. Fazia muito tempo que não caía na tentação assim e digo, garotas, as coisas mudaram muito nesse setor. Nada de se matar de comer só porque pagou muito caro (o preço está bem acessível, ainda mais dia de semana, que é R$ 29,90).
Uma variedade incrível de saladas encheu de cara o meu prato. É verdade: muita coisa saudável como eu nunca experimento em nenhum outro restaurante. Carboidrato zero! Recomendo muito provar a carne de cordeiro (que tem um preparo super cuidadoso e longo) e a verdadeira costela de porco (feita na brasa) com o molho barbecue. Estava derretendo na boca.
Fiquei sabendo que os profissionais que servem as mesas são quase todos do Sul do Brasil, que vieram morar em Minas. Que atendimento impecável; e olha que sou bem exigente nesse aspecto. Conheci todos os bastidores da casa (cozinha, frigorífico etc): parece uma indústria!
Fiquei tão saudável que pedi um suco de laranja com acerola: praticamente uma zen budista. :)

2 comentários:

Fernando Grilo disse...

Que maravilha de almoço! Com certeza eu teria comido umas saladinhas, mas gosto mesmo é da carne. Fiquei com muita vontade de voltar lá. Beijos.

Anônimo disse...

Neste Carnaval vou aproveitar que Bh fica deserta e vou degustar estas carnes.
As priminhas da mel estão lindas!!!!!
Bjs Rochele